domingo, 12 de outubro de 2014

Preso do CDP de São José do Rio Preto foge de fórum, segundo o Diário Web.


Fonte: Diário Web.

Preso dribla polícia e desaparece na região
Victor Augusto

Monte Aprazível Notícias/Colaboração
Clique para ampliar.




Policiais vasculam residências em Monte Aprazível à procura de Raimundo Oliveira da Silva (detalhe) Um preso com mais de 100 anos de condenações criminais por vários roubos, cárcere privado, ameaça e que estava respondendo por estupro, fugiu de um carro da Secretaria de Administração Penitenciária na frente do Fórum de Monte Aprazível. De acordo com informações da Polícia Militar, Raimundo Oliveira da Silva, 37 anos, estava no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Rio Preto e foi levado algemado até o Fórum de Monte Aprazível, para depoimento. Assim que a porta do veículo foi aberta, ele havia conseguido se desprender das algemas e agrediu uma policial militar que estava fazendo a escolta e saiu correndo. A fuga ocorreu por volta das 14 horas e até às 19h45, o fugitivo ainda não havia sido encontrado pelos policiais.

Ainda de acordo com os policiais militares que participaram da ação, o homem chegou a invadir três casas. Foram acionados reforços de várias cidades da região e de forças especiais da polícia, como o Canil e Força Tática, mas mesmo assim Raimundo não foi encontrado. O advogado Stenio Augusto Vasques Baldin, que foi nomeado pelo Estado para acompanhar o réu na tarde de ontem, disse que mesmo com o sumiço de Raimundo a audiência foi realizada.

"Eu estava no Fórum quando ele fugiu. Vi a hora que ele chegou e se soltou das algemas, até o momento que ele agrediu a policial feminina e fugiu correndo pelo centro da cidade", contou. Natural de Rio Branco, no Acre, o homem foi preso pela Delegacia de Investigações Gerais de Rio Preto em setembro do ano passado depois de roubar R$ 80 mil de uma fazenda no município de Monte Aprazível.

Na ação, Raimundo estava armado com um revólver calibre 38 e rendeu um homem no estacionamento de um supermercado. A vítima aguardava a mulher, que fazia compras no interior do estabelecimento, quando foi rendida pelo bandido. Ele amarrou o homem, o jogou para o banco traseiro e seguiu com o veículo até a fazenda.

Na propriedade rural, o bandido fez um funcionário refém e roubou o dinheiro. Ele fugiu com duas vítimas, deixou o funcionário da fazenda na rodovia Feliciano Salles Cunha, próximo a Monte Aprazível, e seguiu até a vicinal Deputado Bady Bassitt, perto de Engenheiro Balduíno, onde abandonou o carro e o outro refém. No mesmo dia, ele foi preso dentro de um ônibus, indo para Tanabi. Por esse crime ele foi condenado a 20 anos de prisão em regime fechado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.