sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Presos são executados no interior de SP, segundo o Jornal Estadão.




Fonte: Estadão.

Presos são executados em penitenciária do interior de SP

Estadão 
A Polícia Civil apura a execução de dois detentos da Penitenciária Nestor Canoa (P1), de Mirandópolis (SP). Os corpos de Vanderlei Lima de Oliveira, o Delei, de 47 anos, e de Eduardo Francisco da Silva, o Cowboy, de 27, que cumpriam pena no anexo de semiaberto da P1, foram encontrados do lado de fora do presídio, mas dentro da área externa do complexo.
Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), os dois foram executados por 13 tiros (Oliveira recebeu seis e Silva, sete) quando trabalhavam na criação de porcos e bovinos. Os agentes que faziam a escolta dos presos encontraram os corpos próximos de uma mata.

Silva cumpria seis anos por receptação e corrupção ativa, enquanto Oliveira estava condenado a 18 anos por estupro, atentado violento ao pudor, assalto e furto. Ambos tinham chegado no início do ano ao anexo.

O delegado Gener Vieira Faria, disse que as diligências a campo ainda não descobriram pistas dos autores, mas que não poderia falar sobre o assunto para não atrapalhar as investigações. O delegado disse que pretende ouvir na segunda-feira os agentes que acompanhavam o grupo que trabalhava na área externa do presídio.

A suspeita da polícia é de que os dois detentos tenham sido assassinados por tiros de pistola com silenciador, uma vez que cápsulas de pistola .380 foram encontradas no local. Além do inquérito instaurado na delegacia de Mirandópolis, um procedimento administrativo foi aberto pela Corregedoria da SAP para investigar as mortes.

18 comentários:

  1. Esses Cpp.s são uma verdadeira comédia...não deveriam nem existir.

    ResponderExcluir
  2. COITADOS!

    SIM COITADOS!

    COITADOS DOS AGENTES!

    VÃO TER QUE DAR MUITAS EXPLICAÇÕES, UMA VEZ QUE OS SENTENCIADOS ESTAVAM SOB SUA GUARDA!

    ResponderExcluir
  3. ladrão toma uns tiros de calibre fraco e é execução, ASP toma de 20 a 40 tiros, inclusive de calibre restrito e é latrocínio, caso isolado, ou sei lá mais o que.... ê mídia comprada pelo pior salário do brasil!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Melhor comentário impossível

      Excluir
    2. Falou tudo e mais um pouco.
      Só aqui nesse País os vagabundos são coitadinhos.

      Excluir
    3. Concordo com Amigo Anonimo. Melhor comentário impossivel.

      Excluir
    4. são coitadinhos e merecem uma investigação digna, enquanto isso trabalhador morre e fica o inquérito arquivado por falta do autor. É brincadeira mesmo.

      Excluir
  4. Por acaso este delei é o que tentou fugir dentro do caminhão em parelheiros ?

    ResponderExcluir
  5. Paremos de sermos tolos, não comprem este tipo de jornal e não assistam essa mídia onde o Agente Público da Lei é considerado criminoso e o criminoso é considerado vítima! Que País é esse? que valores nós temos?

    ResponderExcluir
  6. a policia deveria soltar rojão e não querer investigar, isso ta errado!!!

    ResponderExcluir
  7. Fizeram um favor pra sociedade !

    ResponderExcluir
  8. parabéns aos apertadores do gatilho.

    ResponderExcluir
  9. A sociedade agradece por mais esta "limpeza" realizada!!!!

    ResponderExcluir
  10. Pro mês que vem tem mais dois na gaveta?

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.