domingo, 1 de fevereiro de 2015

Sindicato visita Penitenciária Feminina de Pirajuí.


A colega Marcia Ferraz Barbosa que é agente penitenciária em Bauru, é uma verdadeira representante das servidoras penitenciárias, essa tem o meu respeito e consideração.






Fonte: Sifuspesp

Sifuspesp visita Pirajuí para debater condições de trabalho das mulheresPDFImprimirE-mail
Sáb, 31 de Janeiro de 2015 08:42
10967716 1537185256557175 1394823127 n





O Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo (Sifuspesp) visitou, na quinta (30), a Penitenciária Feminina de Pirajuí para discutir as condições de trabalho das mulheres no sistema. A diretora do Departamento de Mulheres, Márcia Ferraz Barbosa, o diretor do Departamento Jurídico, Wellington Jorge Braga de Oliveira e o advogado da Regional Bauru do Sifuspesp, Luiz Marcos Ferreira, estivem na unidade prisional que tem população de 1.323 detentas para uma capacidade de 718 internas.
“A proposta foi conversar com as servidoras penitenciárias em relação as condições de trabalho e principalmente em relação das mulheres que são trabalhadoras do sistema prisional para que a SAP tenha um olhar especial para essas servidoras”, afirma Márcia Barbosa. As unidades prisionais quando são construídas não são adequadas para as servidoras que atuam na área de segurança, principalmente em relação ao sistema de segurança na carceragem, nos pavilhões habitacionais, portarias e subportarias. “Uma questão relevante é dos sanitários e locais para realizar a sua higiene que devem ser diferenciados para mulheres”, completa a diretora do Departamento de Mulheres.
Outro ponto importante da visita é a presença dos advogados do Sifuspesp nas unidades prisionais, onde têm a oportunidade de conhecer os postos de trabalho e a função dos ASPs no dia a dia. “Além de orientar e incentivar a categoria para utilizar o jurídico do sindicato, não só nas defesas de sindicâncias, processos administrativos e ações fazendárias, mas de incentivar os servidores de procurarem o jurídico e o sindicato para demais orientações ou dúvidas em relação a função e demais direitos como servidores públicos”, avalia Luiz Marcos Ferreira.
As visitas nas unidades prisionais são importantes para criar um diálogo contínuo com as servidoras sobre as condições de trabalho e reivindicações, além de fazer o papel do sindicato de promover a organização do local de trabalho. “Outro ponto importante é colocar o nosso jurídico mais próximo da realidade de trabalho dessas servidoras penitenciárias, o que vai ajudar atuar em sua defesa e também em relação das reivindicações que serão levados para a administração local, para a coordenadoria e a SAP de acordo com as demandas e esfera de resolução”, completa Wellington Oliveira.

15 comentários:

  1. Os sindicatos devem visitar também os CDPS na capital, pois existem muitos problemas relacionados com o comprimento das leis, perseguições individuais e más condições de trabalho causadas pela atuação medíocre dos diretores e violações da norma jurídica .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Plenamente de acordo companheiro... Todas as unidades devem ser visitadas e servidores ouvidos (longe da diretoria, claro), mesmo os não sindicalizados... a atuação do sindicatos não deve ser de forma genérica, devem ter conhecimento específico das unidades para melhor poderem reivindicar...

      Excluir
  2. Respostas
    1. Obrigado pela correção
      É cumprimento

      Excluir
  3. Tem que ir em todos os presídios, e não é só visitar(ir passear) tem que ir pra resolver o problema, se for par ir e ficar batendo papo é melhor ficar em casa.

    ResponderExcluir
  4. Sindicatos : mostrem serviço e visite-nos. Estamos lá em Guarulhos aguardando.

    ResponderExcluir
  5. O SINDICATO TAMBEM DEVERIA VISITAR OS CPP'S POIS OS ASPS DESTAS UNIDADES CONTINUAM SEM O DEJEP "BICO". ESSE NEGÓCIO NÃO FOI UMA CONQUISTA PARA TODA A CATEGORIA?? ESTAMOS CANSADOS DE TANTA "AREIA" E ESSES SINDICATOS QUE NADA FAZEM PELA CATEGORIA.....

    ResponderExcluir
  6. É meus irmãos esse sistema falido esta sem moral, olhem só a situação da ASPs,não é diferente dos nossos problemas infelizmente os representantes do sistema e todos que são envolvidos nos projetos de presídios fazem eles tão somente para os presos,nós estamos e ficamos em segundo plano.Um exemplo onde ja se viu a resivosa um posto que normalmente e correto é ter dois funcionãrios ter um só e não ter banheiro? isso é sim uma falta de respeito,pois sabemos também que com a falta de funcionários uma rendição neste posto só quando der certo. Forte abraço a todos!

    ResponderExcluir
  7. VISITAR CADEIA NOVA É FÁCIL!!
    E AINDA MAIS PRA ANGARIAR NOVOS FILIADOS(AS)!!!

    ResponderExcluir
  8. O sindicato deveria ir visitar o cdp de riolandia onde existem poucos funcionários e estes estão trabalhando como verdadeiros guerreiros com uma temperatura de 40 graus, sendo obrigados a usar uma gandola quente, e pagando horas, em todos os plantões, levando funcionários a exaustão. Será que alguém pode nos ajudar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O chapolim colorado! Ihhhh morreu!! Então fudeu!! Kkk

      Excluir
  9. como sempre é só bla bla bla zzzzz.......

    ResponderExcluir
  10. Foram lá para procurar servidores que não são associados para se associarem

    ResponderExcluir
  11. SINDICATOS, LUTEM PELA APOSENTADORIA INTEGRAL AOS 25 ANOS. LUTEM POR MELHORIAS NA QUALIDADE DE SERVIÇO. LUTEM POR MAIS SEGURANÇA NAS UNIDADES E ETC. ESSA VISITA PARA MIM SÓ TEM UM TOM: "ANGARIAR ASSOCIADOS, MAIS NADA".

    ResponderExcluir
  12. Gostaria que o SINDASP E O SIFUSPESP informasse para a categoria quais as atribuições dos Delegados nas Unidades Prisionais e quais situações podem intervir para assegurar os direitos dos agentes, porque conheço alguns delegados que presenciam várias situações de violação de direitos, abusos etc., correm para o lado oposto fingindo que não sabe de nada. Isto é determinação dos Sindicatos ou fraqueza dos Delegados? É importante que os dois Sindicatos esclareçam definitivamente para que servem os delegados nas Unidades Prisionais.
    Sou sócio dos dois Sindicatos.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.