sexta-feira, 20 de março de 2015

Justiça autoriza mulher visitar preso sem revista íntima em SP.


Veja matéria televisiva na fonte:
http://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/noticia/2015/03/justica-autoriza-que-mulher-de-rio-claro-visite-preso-sem-revista-intima.html
Justiça autoriza mulher de Rio Claro, SP, a visitar preso sem revista íntima
Decisão inédita no Estado de São Paulo foi obtida pela Defensoria Pública.
Lei de 2014 proíbe revista íntima em São Paulo, mas ainda não é cumprida.
Do G1 São Carlos e Araraquara

Uma mulher de Rio Claro (SP) conseguiu na Justiça um mandado de segurança inédito no Estado de São Paulo que permite que ela visite o filho preso, em Itirapina, sem que passe por revista íntima. Ela alega ter passado por situações constrangedoras durante o procedimento. Uma lei de 2014, que proíbe a revista íntima, já está em vigor no estado, mas não está sendo cumprida nas penitenciárias. A Secretaria de Administração Penitenciária foi procurada, mas não comentou o caso.
Há um ano, a empregada doméstica, que não quis se identificar, visita o filho na penitenciária de Itirapina. Ela conta que sempre passa por humilhações. “A gente chega lá, tira toda a roupa, faz o agachamento, como se fosse um caranguejo, três vezes de frente e três vezes de costas. Toda vez pedem para a gente colocar a mão e abrir as partes íntimas. A gente entra com outras pessoas dentro da sala, com criança de 7, 8 anos”, afirmou.

Quando a mulher levou a mãe de 58 para ver o neto, mais uma vez ela afirma que enfrentou maus-tratos. “Eu falei que minha mãe estava com um problema na coluna, e ela me disse ‘o problema é dela’. Fez minha mãe abaixar igual caranguejo e também abrir a perna”, disse.

Lei não cumprida
Pela lei de agosto de 2014, o visitante não é obrigado a tirar a roupa, agachar, dar saltos e nem a fazer exames clínicos invasivos. As revistas tem que ser feitas com equipamentos como scanners, detectores de metais e aparelhos de raio-x para preservar a integridade física, psicológica e moral dos parentes presos.
Visitantes reclamam de maus tratos em visitas a presídios em Rio Claro (Foto: Felipe Lazzaroto/EPTV)
Visitantes reclamam de maus tratos em visitas a
presídios (Foto: Felipe Lazzaroto/EPTV)
No entanto, o defensor púbico Vinicius da Paz Leite alega que a determinação está longe de ser cumprida nos presídios. Ele diz ainda que a revista, como é feita hoje, além de humilhante, não é eficaz. “O Estado está agindo ilegalmente. É uma revista íntima vexatória. A cada 10 mil revistas, duas pessoas estavam com algo ilícito, drogas ou celular”, explicou.

Muitas pessoas passam pelas revistas, já que apenas na região Central do Estado, existem quatro penitenciárias com um total de quase 7,5 mil detentos. Com a decisão inédita da Justiça, a defensoria agora quer entrar com novo pedido para que o benefício seja estendido a outros visitantes. O órgão já recebeu outros mil casos semelhantes.

Quem tem parentes presos só espera que a lei seja cumprida. “A gente quer entrar ali com dignidade, ser respeitada perante tanto a sociedade como os agentes”, disse a empregada doméstica.

43 comentários:

  1. TAL VEZ ESSA SEJA UMA PESSOA DECENTE, ¨TALVEZ¨, POIS JÁ PRESENCIE UM IDOSO, TRAZENDO UM CELULAR NO ANUS NO LITORAL PALISTA, FEZ ISSO PARA AJUDAR DO FILHO, QUE ESTAVA DEVENDO NO PRESIDIO, POR CAUSA DE DROGA, QUE MUITAS VEZES ENTRA NAS PARTES INTIMAS DAS MULHERES, MÃES, AMASIAS, IRMÃS, FILHAS ETC....


    VAI DEMORAR PARA TODAS AS UNIDADES PRISIONAIS DO ESTADO, TER OS EQUIPAMENTOS APARA NÃO MAIS REALIZAR A REVISTA INTIMA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKK CHEGOU ATRASADO KKKKK O PRESO EM QUESTÃO AÍ JÁ SAIU DE PAD. JÁ ESTÁ A MILHÃO NAS FITA NA RUA, DE PAD. KKKKK.

      Excluir
  2. Pois é, e como ficam as instalações de scanners e raios-x, os visitantes pedem revista digna e nós agentes pedimos segurança, nada mais, será que o defensor público sabe que o funcionário pode ficar a mercê de uma arma ou explosivos? Se o governo não faz funcionar a lei, que culpa temos? Vamos arriscar nossas vidas? Temos família. Chega de descaso.

    ResponderExcluir
  3. Só precisava isso! Abrir um precedente. Quem duvida que isso vai se alastrar por todo sistema paulista? Quem acredita que os scanners vão chegar? Se chegar quantas Armas, explosivos e outras coisas que nem quero imaginar ja terão adentrado às U.Ps. Podem esperar, o pior ainda esta por vir,
    . 2015, ano do "15".

    ResponderExcluir
  4. kd os Scanner? O GOVERNO TEM QUE DAR FERRAMENTAS ADEQUADAS PARA OS SERVIDORES TRABALHAR, OS AGENTES ESTÃO COM MÃOS ATADAS CORRENDO RISCO COM ESSA LEI"COMEDIA", QUANDO COMEÇAR ENTRAR COISAS ILÍCITAS NOS PRESÍDIOS COM CERTEZA VÃO COLOCAR A CULPA NOS AGENTES.
    O CULPADO.
    BANDIDO É SEMPRE INOCENTE.

    ResponderExcluir
  5. deveriam processar o governador , nao é ele quem fez essa lei nova, ele que tem que ser responsabilizado por isso,

    ResponderExcluir
  6. Integridade física psicologia e moral das visitas? Será que esse mesmo promotor se preocupa com os familiares e vítimas desses que aí estão presos? Mas vamos lá não adianta demagogia. ..o fato é scanner, portal e fim da visita íntima. ...desse pra quadra o preso que vai receber visita...na volta revista minuciosa. .simples. ..só que não. .qual diretor vai ter peito para acabar com a visita íntima? Que pelo que eu sei nem está na lei. ....

    ResponderExcluir
  7. Cadê os scanners senhor governador?

    ResponderExcluir
  8. Já, entrar numa cela suja e imunda,cercada de vagabundos e abrir as pernas "feito um caranguejo" para gerar malfeitores elas acham o máximo.

    ResponderExcluir
  9. Se a moda pegar estamos ferrados. Se for só esse caso (por enquanto) é simples, deixa tirar visita no parlatório e depois "da um pelado" no preso e revista qualquer outra coisa (tipo comida) que esteja com ele. Não será fácil daqui por diante. estejamos preparados meus amigos para o piór.

    ResponderExcluir
  10. ISSO É UMA POUCA VERGONHA,ESTA TUDO ERRADO É BANANA COMENDO O MACACO,O POSTE MIJANDO NO CACCHORRO POR FALAR EM MIJAR ESSE JUIZ QUE AUTORIZOU ISSO É UM COMPEDIA UM BRINCANTE,POIS TENHO TODA CERTEZA QUE ELE NUNCA PISOU DENTRO DE UMA CADEIA. AGORA MEUS IRMÃO É SÓ ESPERAR A CHUVA DE MANDADOS DE SEGURANÇA E TER QUE OLHAR CALADOS ESSA FALTA DE APOIO DO ESTADO DOS SINDICATOS E DA PRÓPRIA JUSTIÇA,É O FIM ESTAMOS NUM MATO SEM CACHORRO. AGORA MAIS DO QUE NUNCA SOMENTE DEUS PRA NOS AJUDAR. OREM MEUS IRMÃOS PQ DAQUI PRA FRENTE VAI PIORAR. ISSO MOSTRA A PREOCUPAÇÃO DO ESTADO COM OS SERVIDORES. ESTADO LIXO E GOVERNADOR PORCARIA. UM FORTE ABRAÇO A TODOS,E FIQUEM COM DEUS!!

    ResponderExcluir
  11. É Jenis, veja o q o governo do Alckmin conseguiu para o sistema... que palhaçada, sistema só piorando.......depois a SAP quer cobrar o que de nós agentes, QUE MORAL A SAP TEM........HEIN..???????

    ResponderExcluir
  12. RESUMINDO...NOS AGENTES PENITENCIARIOS SOMOS CARRASCOS QUE CUMPRIMOS A RIP, SALÁRIO DEFAZADO, MUDANÇA DE VALORES DA SOCIEDADE COM RELAÇÃO A NÓS E OS CUITADINHOS QUE COLOCAM ARMA NA CARA DE PAI DE FAMILIA, ESTUPRA E COISA E TAL.

    ResponderExcluir
  13. sinceramente? o juiz está certo. errado está o governo, que sanciona uma lei e não dá condições para que ela seja cumprida

    ResponderExcluir
  14. dai em diante só vem o pior, drogas, armas, explosivos.

    ResponderExcluir
  15. Que sirva de lição para os servidores da Área Fim!
    Que sirva para o entendimento de que não foi uma única visita lutando pelos seus próprios direitos que conquistou "mais isso".
    Políticos e autoridades governamentais só atendem ou cedem a interesses coletivos. "É a velha contagem de votos!"
    Lamento o fato pois é notório o afrouxamento na segurança e consequentemente o aumento nos riscos.
    Porém, enquanto os colegas não pensarem coletivamente não obterão sequer respeito quanto mais benefícios.
    Reflitem e pluralizem suas reivindicações. Lutem como categoria. Prezem por suas próprias vidas e pela segurança de todo o grupo.
    Sorriam menos para o seu diretor porque a felicidade dele é o seu descompromisso consigo mesmo.
    Acreditem menos nos seus representantes porque senão continuarão a bancar a comodidade deles.
    Deixem de ser degrau porque o seu superior já tá subindo de escada rolante.
    Ou, simplesmente se entreguem e deixem de crer num futuro melhor.
    Há 13 anos vi muito piorar. Não sou pessimista mas tá difícil de acreditar em condições melhores nesta gestão governamental.
    Se o único fator que ainda podemos contar for a sorte.
    Boa sorte a todos!
    Porque confiar neste sistema É CRER EM DEUS E ANDAR DE MÃOS DADAS COM O DIABO!

    ResponderExcluir
  16. Jenis nós oficial administrativo escolha de vagas em dezembro para entrega de exames ainda não foi feita gostaria de saber se tem perigo de prescrever?

    ResponderExcluir
  17. comedia, kkk, sistema penal falido, justiça comedia.

    ResponderExcluir
  18. Absurdo, sem noção essa Defensoria. Essa revista só poderia ser impedida caso já estivesse funcionando o raio X. Imagina o que vai entrar de drogas, celulares e armas. Além de colocar a sociedade em risco está colocando a vida dos Agentes Penitenciários por um fio entre a vida e a morte. Concordo que é humilhante a revista íntima, mas enquanto não tiver os aparelhos ela precisa continuar.

    ResponderExcluir
  19. ordem judicial não se discute cumpri-se

    ResponderExcluir
  20. Justiça essa que não é aplicada para o bem.

    ResponderExcluir
  21. Bem que eu avisei o Geraldinho. Agora quem vai abris as pernas, mais ainda, é a SAP, os monstrão da SAP.

    ResponderExcluir
  22. ESSE JUIZ VIVE EM QUE MUNDO ???? É PAGO PELO ESTADO OU PELO ¨DIREITOS DOS MANOS ¨????

    ResponderExcluir
  23. Quando o defensor alega que a cada 10 mil revistas só duas tinham algo ilícito ele baseia-se nas estatísticas daquilo que é pego nas revistas, mas sabemos que é assim que entra drogas nos presídios porque, e aí ele tem razão, as revistas íntimas são falhas, a solução seriam os scaners, mas, será que estes detectariam dinheiro?ou bilhetes?ou "salves"?

    ResponderExcluir
  24. Concordo com o procurador quando diz:- que "a revista que feita hoje além de humilhante não é eficaz"...Como entra tanta coisa ilícita no sistema prisional? observem que todos são revistados.Passou da hora do estado investir em equipamentos eficazes.Até parece que os governantes tem medo de zerar os ilícitos no sistema!Como os traficantes presos farão para comercializar as drogas dentro do sistema ?

    ResponderExcluir
  25. Respostas
    1. manda ele de bonde para bernardes , simples, dai ela vai ter que entrar na justiça novamente e viajar muito

      Excluir
  26. Onde eu trabalho já aconteceu algo parecido e foi simples, o preso foi transferido e a ordem do juiz era especifica para a minha Unidade, ou seja, perdeu play boy .... kkkk

    ResponderExcluir
  27. ÓTIMO!
    Advogado, oficial de justiça, policiais, evangelizadores, diretor, diretorzinhos etc - não são submtidos a revista - o ASP sim.
    Acho pouco...
    Categoria de imbecis que promovem sua própria desgraça.
    Bando de ramelões.

    ResponderExcluir
  28. Simprão simprão de resolvê: visita tem é que ser no parlatório.
    Revista o preso antes da visita e depois da visita.
    O visitante só entra no parlatório após o preso ter chegado (revistado) lá.
    Parlatório com duas grades e o ASP fora das duas.
    O preso tira a visita. Acabou? legal. sai primeiro o preso, que é revistado "nos trinques", em uma área segura.
    O preso tá limpo? ok, a visita pode ir embora. Se não estiver...é aquilo.
    Espaço vazio, a guardaiada faz um rápida blitz no local pra se certificar.
    Com toda a certeza do planeta vai diminuir a quantidade de visita, pois aí só vai quem é visita mesmo, vai acabar a farra das mulas e biscataiada que vão fazer michê na cadeia a troca de uma carreira de pó.
    Nas poucas unidades onde já não tem um local destes pronto, é só construir.
    Um local destes, com banheiro e segurança, custa bem menos de um terço de um scaner.
    Na unidade onde trabalho, p.ex., já pra fazer isso agora, no próximo final de semana.
    Só vão chiar as putas e os presos que não tem família de verdade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para ficar perfeito faltava só definir que o jumbo deve ser consumido, em sua totalidade, no local, que ele é algo para o visitante e o preso terem uma alimentação, 1 porção por cabeça, para apenas aquele momento, portanto o preso sairia de lá sem tralha alguma para retornar ao raio, diminuindo os jumbos imensos que alimentam 1 cela toda e ainda sobra para alguns dias, no caso de uma rebelião! Assim todos os guardas teriam menos trabalho, correriam menos perigo e até as blitz iriam ser feita de forma mais eficiente, em menor tempo e com mais atenção, pois não teríamos que perder tempo no monte de lixo gerado por esses jumbos! Sem contar que jumbo mínimo também seria benéfico aos presos que não estão de patifaria, pois as visitas iriam adentrar a unidade muito mais rápido, assim eles teriam mais tempo com os parentes e não averia necessidade de mandar os guardas da carceragem para a portaria, muito menos convocar guarda!

      Mas duvido que o governo tenha culhões para fazer o que é correto!

      Excluir
  29. é sempre assim...na 2 instancia muda a decisão...inverte...e fica elas por elas...O Governador, Secretario e Presidente do Tribunal de Justiça se entendem e vão empurrando com a barriga. Ou tô errado???

    ResponderExcluir
  30. Parabéns aos amigos ASP que postou comentário sobre esse Tema pois mostra que todos entende oque ocorre em sua Unidade,Lembram-se a pouco tempo nas cadeias das comarca,Niguem reclamava, pastoral,visitantes etc.Por que La tinha o DELEGADO COM MAIS AUTORIDADE ( poder de policia)onde ele peticiona e o juis autorizava e no caso de NOSSOS DIRETORES e so ferro neles e nos ASP. Tanto é que eles conseguiram acabar com os presos de suas comarcas e mandar pra os CDPs, não foi o Governador e sim a pressão dos DELEGADOS

    ResponderExcluir
  31. Bom, diante disso. Vamos deixar virar bagunça e ganhar nosso salario sem nos preocuparmos com a malandragem nem com as visitas. Quando tudo estiver para explodir, saímos de greve e pedimos para o Governador, os juízes e a raça toda entrar e ir faze a contagem dos presos. Simples.

    ResponderExcluir
  32. E ai $INDA$P $IFU$PE$P $INDE$P $INDCOP vão fazer o corre com os funças?

    ResponderExcluir
  33. isso,é um círculo vicioso,de um lado os defensonres de presos,pastoral carcerária,advogados de 1,99,visitas,etc...,do outro nós asps,mais perdidos que amendoim na boca de banguela,pois não sabemos a quem obedecer:governo,diretores,pois está tudo uma bagunça,leis de mentirinha para inglês ver,resoluções que não levam para lugar algum,portarias de diretores,diferentes,cada unidade fala uma língua,enfim,o negócio está complicado,enquanto alguém de fibra não assumir esta pasta da sap,ficaremos nesses dilemas intermináveis!!!!

    ResponderExcluir
  34. é brincadeira esse Brasil. Resolve-se um erro praticando outro pior. É preciso garantir em primeiro lugar a segurança das unidades prisionais do Brasil. Teriam que exigir que os Estados aparelham-se os presídios, para dai, cobrarem fim da revista vexatória.
    Daniel Maremoda
    www.danielmaremodablog.com

    ResponderExcluir
  35. Desculpa caros colegas se colocar scaner, existe aqueles funças corruptos, onde há dinheiro há corrupção, isso nunca vai acabar, dinheiro corrompe muita gente.Isso é lamentavel.

    ResponderExcluir
  36. temos a melhor policia penitenciaria que o dinheiro pode comprar

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.