domingo, 19 de junho de 2016

Agente Penitenciário paulista é agredido por presos e governo não reconhece como acidente de trabalho, segundo o G1(vídeo).


Assista a matéria televisiva no link abaixo:
http://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/jornal-da-eptv-2edicao//videos/v/presidios-lotados-e-agressoes-feitas-a-agentes-de-seguranca-geram-queixas-em-casa-branca/5102208/




12 comentários:

  1. É ISSO AÍ........ O SISTEMA TA DESMORONANDO EM NOSSAS CABEÇAS POR DESCASO TOTAL DOS GOVERNOS E A CULPA É NOSSA.
    GREVE NAO É O CAMINHO , MAS A OPERAÇÃO PADRÃO SIM

    ResponderExcluir
  2. Isso o governo nunca vai reconhecer. Mas quando acontecer agressão, o presidente da cipa, tem que abrir CAT (comunicado acidente de trabalho) e se o funcionário for afastado, entra como acidente de trabalho. Mas quando for passar no DPME e bom o funcionário levar o CAT. Aí sim vai ser afastado. Como acidente de trabalho. Mas como na maioria das vezes não é aberto a CAT, pois o cipeiro não nem aí. Nesse caso faz uma denúncia ministério do trabalho, e pede para abrir uma apuração que possivelmente pode virar uma sindicância, para o cipeiro enganador. As vezes todo esse processo vai precisar de um ADV.. funcionário agredido não pode ter perca nenhuma.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A CIPA tem que funcionar e os servidores tem que ter consciência e saber votar em quem se preocupa com os colegas, na hora de montar chapa pra eleição não aparece ninguém, depois é só reclamação, igual ao governo, todo povo tem aquele q merece né? Só querem entrar na CIPA pra ter pontuação, esta Comissão é super hiper importante vamos aprender a ter responsabilidade e eleger quem faz.

      Excluir
  3. Na quinta um funcionário foi agredido pelo preso aqui no CDP Campinas e tentaram forçar ele a fazer b.o. de ameaça para não trancar o pavilhão e não houve intervenção do GIR, para não incomodar a facção, bom mais se for do jeito que o diretor toca a cadeia aqui é capaz de colocar esse preso na faxina agora, afinal o preso vai para o castigo e volta na faxina aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estórinha mal contada, tá com medo cabra? Desembuxa a fita aí.

      Excluir
    2. Laurete arrependida deve ter perdido a boquinha ,sempre criticando ,aceita que dói menos ....

      Excluir
    3. Esperar o que de um diretor que baba no ovo de integrante do PCC, de um diretor que entrega a cadeia dele pro PCC tocar, trata o drão como amigo, nunca vi...

      Excluir
    4. Caros colegas!

      O caso específico desta conversão da licença saúde em acidente de trabalho deste irmão que foi agredido, segundo informações, já fora resolvido e deferido tal conversão.
      Quanto ao que fazer diante de um acidente de trabalho, importantíssimo atentarmo-nos aos procedimentos burocráticos para o devido preenchimento da Notificação de Acidente de Trabalho (N.A.T.), com a juntada dos demais documentos comprobatórios deste acidente, para envio ao DPME; pois, a saber, todo afastamento funcional por acidente de trabalho, seja ele no próprio local de exercício ou no trajeto (acidente in itinere), inicia-se como licença saúde e será este processo da N.A.T., a ser enviada ao DPME em 10 dias corridos, que pleiteará a caracterização deste acidente, como acidente de trabalho.
      A Resolução SAP 64 prevê que fica a cargo do RH e da CIPA de cada unidade a tomada das providências cabíveis, a partir do recebimento documental (comunicado de evento) que comprove o acidente, no que tange ao preenchimento da N.A.T. e envio ao DPME (importantíssimo...são 10 dias corridos para o RH enviar esta documentação!).
      Recebido documentação, DPME analisará...deferindo, o colega terá sua licença saúde convertida e reconhecida como acidente de trabalho; indeferido o pedido, o DPME publica decisão em D.O.E. e se tem 30 dias corridos a partir desta publicação para pleitear reconsideração junto ao Dirigente do DPME (o RH de cada unidade tem este formulário)...A partir da data de publicação da decisão deste pedido feito (toda publicação sairá em D.O.E.), se o dirigente ainda indeferir, passa-se para próximo passo, pleiteia-se reconsideração ao Secretário de Planejamento e Gestão Pública (o RH de cada unidade tem formulário para este feito)...a decisão dele saíra publicada em D.O.E., se ainda indeferido, acaba-se recurso em esfera administrativa, passa-se então a ter que impetrar mandado de segurança (ai tem-se que “entrar com advogado”).
      Importante de tudo isso irmãos (as)...sofreu acidente de trabalho, com ou sem afastamento FAÇA N.A.T.!
      Documentação enviada ao DPME faltando uma vírgula...quer dizer...com dado errado, preenchido de qualquer maneira ou faltando conteúdo comprobatório, será indeferido pelo DPME! Cuidado!
      A N.A.T. é direito seu...não pode ser subnotificada sob pena de quem o fez, responder por omissão de direito.
      Melhoras ao irmão de Casa Branca! Deus abençoe!
      Fiquem com Deus irmãos!




      Excluir
    5. Caros colegas!

      O caso específico desta conversão da licença saúde em acidente de trabalho deste irmão que foi agredido, segundo informações, já fora resolvido e deferido tal conversão.
      Quanto ao que fazer diante de um acidente de trabalho, importantíssimo atentarmo-nos aos procedimentos burocráticos para o devido preenchimento da Notificação de Acidente de Trabalho (N.A.T.), com a juntada dos demais documentos comprobatórios deste acidente, para envio ao DPME; pois, a saber, todo afastamento funcional por acidente de trabalho, seja ele no próprio local de exercício ou no trajeto (acidente in itinere), inicia-se como licença saúde e será este processo da N.A.T., a ser enviada ao DPME em 10 dias corridos, que pleiteará a caracterização deste acidente, como acidente de trabalho.
      A Resolução SAP 64 prevê que fica a cargo do RH e da CIPA de cada unidade a tomada das providências cabíveis, a partir do recebimento documental (comunicado de evento) que comprove o acidente, no que tange ao preenchimento da N.A.T. e envio ao DPME (importantíssimo...são 10 dias corridos para o RH enviar esta documentação!).
      Recebido documentação, DPME analisará...deferindo, o colega terá sua licença saúde convertida e reconhecida como acidente de trabalho; indeferido o pedido, o DPME publica decisão em D.O.E. e se tem 30 dias corridos a partir desta publicação para pleitear reconsideração junto ao Dirigente do DPME (o RH de cada unidade tem este formulário)...A partir da data de publicação da decisão deste pedido feito (toda publicação sairá em D.O.E.), se o dirigente ainda indeferir, passa-se para próximo passo, pleiteia-se reconsideração ao Secretário de Planejamento e Gestão Pública (o RH de cada unidade tem formulário para este feito)...a decisão dele saíra publicada em D.O.E., se ainda indeferido, acaba-se recurso em esfera administrativa, passa-se então a ter que impetrar mandado de segurança (ai tem-se que “entrar com advogado”).
      Importante de tudo isso irmãos (as)...sofreu acidente de trabalho, com ou sem afastamento FAÇA N.A.T.!
      Documentação enviada ao DPME faltando uma vírgula...quer dizer...com dado errado, preenchido de qualquer maneira ou faltando conteúdo comprobatório, será indeferido pelo DPME! Cuidado!
      A N.A.T. é direito seu...não pode ser subnotificada sob pena de quem o fez, responder por omissão de direito.
      Melhoras ao irmão de Casa Branca! Deus abençoe!
      Fiquem com Deus irmãos!




      Excluir
  4. Quem critica colegas de trabalho, sem perceber, pode estar ingerindo o próprio veneno. Sendo o comentário maledicente verdadeiro ou não, a imagem de quem se dispõe a falar mal da vida dos outros pode ser mais arranhada que a da sua vítima. Em suas palavras talvez estejam camufladas a própria inveja, insegurança e fraquezas.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.