segunda-feira, 27 de junho de 2016

Quanto à situação ocorrida no CDP Capela do Alto entre os ASPs da unidade e o GIR.

A situação que vivemos é muito delicada nos dias de hoje no sistema prisional paulista, é óbvio que quando um colega é agredido por presos, a vontade é cobrar a altura, mas nesses 22 anos de trabalho, vi vários colegas assinarem B.O. por tortura, principalmente após o ano de 1.997, que foi criado o crime de tortura, vi mais de 100 colegas entre membros do GIR e funcionários da PII de Potim serem indiciados por tortura, muitos ficaram muito preocupados

Nesse longo tempo entre 1997 (ano que foi criado a lei de tortura) até agora conversei com alguns amigos que acreditam até que serão exonerados ou presos por processos criminais de tortura que respondem, portanto é muito delicado tecer comentários sobre o ocorrido em Capela, só quem estava lá no momento sabe o que realmente aconteceu.

Me desculpem os colegas de Capela e os colegas do GIR, mas não vou fomentar essa briga e essa divisão entre ASPs do GIR e ASPs da unidade, principalmente com comentários de forma anônima... 

Sei que houve exaltação em Capela, ouvi as duas partes e percebi que esse stress foi causado pelo stress da própria situação, que é natural pela vontade de fazer justiça e cobrar na mesma altura, já que existe dificuldade até para enviar um vagabundo para o RDD, além do que vivemos em um ambiente muito extressante, portanto temos que ponderar, fazer uma reflexão e não tentar achar culpados ou ficar acusando um ao outro, o inimigo é outro.

Espero notícias sobre o colega Serafim que foi agredido pelos presos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.