sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Agente penitenciário paulista preso por ameaçar a mulher e agredir policial. Segundo o G1.

Por motivos óbvios essa postagem não será compartilhada nas redes sociais.

Tirem suas conclusões e comente abaixo.



Fonte:G1
12/08/2016 10h29 - Atualizado em 12/08/2016 10h30
Agente penitenciário é preso por ameaçar mulher e agredir policial

Agressão foi no bairro João Paulo Segundo, em São José do Rio Preto.

Agente estava descontrolado e nervoso quando polícia chegou ao local.

Do G1 Rio Preto e Araçatuba
Um agente penitenciário, de 36 anos, foi preso em flagrante, nesta quinta-feira (11), depois de bater na mulher, de 39 anos, e agredir um sargento da Polícia Militar durante uma ocorrência no bairro João Paulo Segundo, em São José do Rio Preto (SP). Segundo informações da polícia, o agente estava descontrolado quando os policiais chegaram até a residência do casal.

De acordo com o boletim de ocorrência, depois de ser agredida pelo marido a mulher conseguiu fugir e pedir ajuda na casa da vizinha, de onde acionou a polícia. Quando os policiais chegaram ao local, o suspeito foi encontrado na garagem da casa, visivelmente alterado e nervoso. Ele deu chutes e socos em um sargento da PM, de 49 anos, e tentou resistir à prisão, segundo o registro policial.

A mulher do agente contou à polícia que ele chegou em casa transtornado querendo pegar as chaves do carro dela. Como ela se recusou a entregar, ele danificou alguns móveis e quebrou os vidros das janelas.

Na ocorrência consta que a mulher foi agredida fisicamente e foi ameaçada de morte pelo marido. Ela disse ainda que ele está afastado das funções de agente penitenciário da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) por problemas com drogas.

O suspeito foi contido pelos policiais e algemado. Já dentro da viatura policial, o agente penitenciário tentou quebrar com chutes os vidros laterais do veículo. Ele foi encaminhado até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Tangará, onde foi atendido e medicado. O sargento agredido teve apenas ferimentos leves.

O agente penitenciário foi levado para o plantão policial e encaminhado para a cadeia de Catanduva (SP), onde permanece em uma cela separada à espera de uma decisão da Justiça. Ele vai responder pelos crimes de lesão corporal dolosa, ameaça, dano qualificado, resistência, desacato e lesão corporal contra o policial.

16 comentários:

  1. Solta ele no raio, pra chutar porta de cela, quebrar os pertences dos presos.

    ResponderExcluir
  2. Até agora não entendo porque o ser humano tem que usar a maldita droga e depois fazer esse papelão para denegrir mais a nossa classe. E aos colegas que fazem uso disso, por amor a própria pessoas e aos que estão a sua volta, saiam dessa pois já sabem o que vai acontecer no final.

    ResponderExcluir
  3. O sindespe quer mudança na nomenclatura dos AEVPs, mas reposição inflacionaria, fim das jornadas de 16 horas, alimentação digna para guardas não.Hipócritas desfiliação já.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. // PODE SABER AO PROPOR ESSA MUDANÇA ESTE SINDICATO PODE TER ALGUMA ROUBADINHA OU INTERESSE, ESPEREM PARA VER

      Excluir
  4. Polícia tem que se preocupar em prender bandido, não agente do Estado. Esse lance de "droga" é só areia pra prejudicar quem quer que seja. Todos estamos sujeitos a perder o controle num ou noutro momento. Cada um cada um.

    ResponderExcluir
  5. Esse Agente precisa de ajuda, cade os psicologos para ajudar esse homen, pra vagabundo tem uns 4 a 5 psicologos por unidade pra ajudar na laboterapia desses marginais, e para o ASP FERRO, se quizer algum tipo de tratamento tem que pagar psiquiatra e psicologos do bolso pois o Iamps nao tem essas especialidade.

    ResponderExcluir
  6. Tem ASP tentando dar pedrada em avião no ar de tão ruim que está a situação, imaginem quem ainda usa droga ou álcool.

    ResponderExcluir
  7. Ele queria o carro para caçar Pokémon

    ResponderExcluir
  8. Agora ele vai ter tratamento psicológico com certeza, mas infelizmente no IRT.

    ResponderExcluir
  9. que muie ruim não deu o carro para ele sair

    ResponderExcluir
  10. Ao q consta esse cara era nóia e trampava em são paulo

    ResponderExcluir
  11. Todos estamos sujeitos a perder o controle uma ova, cada um é responsável pelos seus atos, bater em mulher é uma coisa inaceitável, tem que ir pra cadeia sim, por agressão física, ameaça de morte, danos a propriedade particular, agressão a agente de segurança pública "policial", resistência a prisão e tentativa de danos públicos "viatura policial", não importa se é Asp, Aevp, Civil ou Militar, têm que responder sim e que sirva de exemplo pra um monte de agentes que estão afundados nas drogas, que se não procurarem ajuda rápido e se apoiarem na família, esse vai ser ser futuro, Cadeia ou Cemitério.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa! Muito digno de sua parte apontar os erros alheios. Mais absurda ainda é a ideia da acusação sem conhecimento total do fato. Abraço pra ti senhor investigador.

      Excluir
    2. "Só psicopatas totalmente desprovidos de senso moral podem formular um rol de acusações, autoconstituir-se em tribunal e, sob o pretexto de "debate", chamar o acusado para "defender-se" -- tudo isso com ares da maior seriedade, como se esse teatrinho grotesco fosse a apoteose da honestidade intelectual."

      (Olavo de Carvalho)

      Excluir
  12. Acusação sem conhecimento total dos fatos ! Você não leu a matéria, será preciso postar aqui o depoimento da esposa e dos policiais que atenderam a ocorrência ? Se na rua estando afastado por problemas psiquiátricos, já tava dando novidade, imagina dentro de um raio onde se têm preso chapado, Há esqueci, que você não deve ter pego numa chave de pavilhão na vida, Continua com suas palavras bonitas, que enquanto isso esses guardas chapados colocam a vidas de todos os profissionais que trabalham sério todos os dias pra tocar essas porras de cadeias. E mande esse Olavo de Carvalho pra P.....

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.