terça-feira, 11 de outubro de 2016

Desembargador sugere que "pessoa mais pobre até gosta de ficar na prisão"

Fonte: Revista Época.

Paulo Espírito Santo fez a afirmação durante o julgamento de habeas corpus de réus da Operação Pripyat

MURILO RAMOS

11/10/2016 - 06h00 - Atualizado 11/10/2016 09h17

Num recente julgamento de habeas corpus de réus da Operação Pripyat, o desembargador Paulo Espírito Santo deu sua opinião sobre a situação do sistema carcerário do país: "As pessoas – no caso dos empresários – deveriam pensar: eu prefiro ganhar menos a passar pelo que está passando aquele grande empresário, um dos maiores construtores do Brasil, há dois anos preso. Porque ele deve estar sofrendo. Mas isso nunca passou pela cabeça delas porque essa questão carcerária não as ameaçava. 
Elas não acreditavam naquilo. O criminoso da violência urbana, pessoa mais pobre, esse não liga e até gosta de ficar um pouco lá. Dali a pouco é solto, fuma maconha, bebe... É essa a realidade".

14 comentários:

  1. Entendi que ele fez uma analogia,onde há algum tempo pessoas da elite jamais ficariam atrás das grades, diferentemente do vem ocorrendo.

    ResponderExcluir
  2. Eu prefiro não entender nada!! Pra não falar demais...
    Abraços a todos!

    ResponderExcluir
  3. Mais um almofadinha bancado por nós com um salário milionário.que não teve experiência de vida de pobre desfavorecidos...

    ResponderExcluir
  4. Respostas
    1. No meu modesto entendimento ele quis dizer que VAGABUNDO até gosta de ficar preso.No que eu concordo.

      Excluir
  5. Concordo A prisao no Brasil tem que ser punitivo nao pra ressocializar. Todos sabemos oque é certo e errado. Se tivesse certo o nosso sistema nao estaria abarrotados de presos. # pronto faleiiii

    ResponderExcluir
  6. Vejo isso no cdp todos os dias os ladrão quer saber do jumbo bóia sedes e vizita no fim de semana do resto é só alegria.

    ResponderExcluir
  7. Tirar uns dias dá estatus para os nóias,aviaozinhos e ladrões de galinha nas quebradas, sem contar os "passa fome" que vivem saindo e voltando para a cadeia !

    ResponderExcluir
  8. Pura verdade o que disse esse Excelentíssimo Senhor Doutor Desembargador. A maioria dos presos adoram os presídios bandeirantes lorivalistas. Quando saem, logo "jogam pedra na viatura" só para voltarem para os spas lorivalistas. E é só alegria, o resto é só teatrinho de ladrão.

    ResponderExcluir
  9. Verdade a situação ficou tão triste que pegamos visita saindo com as marmitas pros filhos comerem no outro dia independente de qualquer coisa isso corta o coração de ver crianças numa situação tão miserável enquanto o nóia lá dentro quer saber só dele.
    Podem me apedrejar mas não consigo negar alimento principalmente pra crianças pobres deixei que levassem e fui comunicado por isso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ficar quantos meses sem salario...??...Por que não comprou comida do seu próprio bolso pra eles....?

      Excluir
    2. Eu não tenho dó, pois quando o bandido entrar em casa não pensara nos meus filhos. Então, quero que se ...

      Excluir
  10. O Sistemas Penitenciários Brasil afora ficam a desejar em muitos aspectos. Mas nem por isso temos que sucumbir com nossa saúde e comprometer nossa família caros amigos. Minha convicção é que os sistemas prisionais convivem mais de publicidade do que ações propriamente ditas em muitos casos, perdurando uma sensação que está tudo bem, tudo sobre controle. Mas não nos enganamos, um país onde a educação de qualidade somente se faz presente nas entrelinhas de nossa Constituição, crer que um Sistema Penitenciário seja eficiente, tanto para os servidores, tanto para os apenados é pura retórica. Dentro de nossas possibilidades, andamos e seguimos em frente nos solavancos, mas não devemos nos iludir que as ações hoje desprendidas com o Sistema Penitenciário seja efetivamente eficientes com resultados a médio e longo prazo. O que posso afirmar aos amigos, é que homens e mulheres diariamente matam vários leões por dia dentro dos estabelecimentos prisionais; a publicidade matando sonhos e alimentando ilusões.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo!Na minha unidade vem o tal Conselho da Comunidade! Eles não escolhem nenhum preso, nós escolhemos pra eles- mandamos sempre o mesmo tipo. Eles fingem que acreditam nos presos, nós fingimos que está tudo certo e assim caminha a humanidade. Pra ser sincero acho q se eles escolhessem os presos, poderiam ir uns cabeças de bagre e nós teríamos mais problemas q soluções pq de fato nem este conselho, nem a cidade, podem fazer nada pra melhorar o sistema. E pra piorar começou a vim padre que só fica levando recado de preso, pastor que quer ficar em paz com a consciência ou sei lá o que e agora até um agente que se intitulou de capelão e fica se reunindo com preso. A bosta tá feita.

      Excluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.