sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Advogada é flagrada entregando maconha para detenta em Tremembé-SP, segundo jornal O Vale.


Parabéns pela ação das agentes.
Fonte: Jornal O Vale


Foto: Divulgação / SAP
Redação
Taubaté

Uma advogada foi flagrada tentando repassar um cigarro de maconha para uma detenta da Penitenciária Feminina II de Tremembé, na tarde desta quarta-feira (22). O caso aconteceu por volta das 15h30.

De acordo com a SAP (Secretaria de Administração Penitenciária), o fato aconteceu no parlatório, ambiente em que os presos são atendidos pelos advogados particulares, dentro da unidade prisional.

Uma das agentes penitenciária percebeu movimentos duvidosos da advogada e viu ela repassar um objeto para a presa, entre as grades do parlatório. Em um local reservado, a detenta foi revistada, e um cigarro de maconha foi encontrado em suas roupas íntimas.

A Polícia Militar foi acionada, para que as duas mulheres fossem encaminhadas para a delegacia da cidade. A direção do presídio instaurou um Procedimento Disciplicar Apuratório para investigar o caso e comunicou a ocorrência para a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Tremembé e para o Deecrim (Departamento Estadual de Execuções Criminais) de São José dos Campos.

18 comentários:

  1. Bagulho no Bumba
    Os Virgulóides

    Nessa bumba eu não ando mais
    Acharam um bagulho no banco de trás
    Nessa bumba eu não ando mais
    Acharam um bagulho no banco de trás

    O motorista se levantou
    Falou que o bagulho era do cobrador
    E o cobrador, muito invocado
    Falou que o bagulho é de quem tá sentado

    É, é, é
    Eu acho que o bagulho é de quem tá de pé
    É, é, é
    Eu acho que o bagulho é de quem tá de pé

    Nessa bumba eu não ando mais
    Acharam um bagulho no banco de trás
    Nessa bumba eu não ando mais
    Acharam um bagulho no banco de trás

    Todo mundo foi revistado
    Polícia não achou nenhum culpado
    Olharam em bolsa e sapato
    Neguinho ficou até pelado (e gritou!)

    É, é, é
    Eu acho que o bagulho é de quem tá de pé
    É, é, é
    Eu acho que o bagulho é de quem tá de pé

    - De quem que é esse bagulho, rapaziada?
    - Num sei de nada!
    - Aí, motorista! Toca pra delegacia
    Que 'cês vão entrar numa fria

    O pessoal ficou revoltado
    Em dar satisfação ao delegado
    O pessoal ficou revoltado
    Em dar satisfação ao delegado

    E o delegado só perguntava
    "Quem que é o dono desse baseado?"
    E o delegado só perguntava
    "Quem que é o dono desse baseado?"

    É, é, é
    Eu acho que o bagulho é de quem tá de pé
    É, é, é
    Eu acho que o bagulho é de quem tá de pé

    ResponderExcluir
  2. A música parece idiota mas é mais ou menos isso, a advogada vai falar q é da vagaba e vagaba vai assumir, se não tiver filmagens(que geralmente no parlatório não tem) vai é dar dor de cabeça para quem acusou a vagaba que atende por alcunha de doutora mesmo sem ser, além do que às vezes essas "doutoras" vendem o almoço pra comprar o jantar só assim sobrevivem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alcunha de doutora...muito bom! kkkkkkkkkk

      Excluir
    2. De uma olhada nesse site.
      https://pinheiroadvogados.org/2013/07/23/decreto-imperial-confere-grau-de-doutor-a-advogados/
      Vc vai ver que advogado tem o título de. Doutor.
      Respeitem o próximo, qtos ASPs já foram presos, levando droga para os presos, até asp do gir foi preso deixando arma de fogo, e eles acham q são polícia, para, pense e reflita.

      Excluir
    3. vixi, chegou um correria da correria aqui. advogado da advogada

      decreto de 500 anos? quer ser doutor, faça doutorado. de resto, é tudo choro

      Excluir
  3. ate qdo continuaram entrando sem revista manual????

    ResponderExcluir
  4. Falou tudo, não precisa dizer mais nada.

    ResponderExcluir
  5. Lei 7.210/84
    Art. 41 - Constituem direitos do preso:

    IX - entrevista pessoal e "RESERVADA" com o advogado;
    ..................................................

    Dos Direitos do Advogado Lei 8906/94

    III - comunicar-se com seus clientes, pessoal e "RESERVADAMENTE", mesmo sem procuração, quando estes se acharem presos, detidos ou recolhidos em estabelecimentos civis ou militares, ainda que considerados incomunicáveis.

    viu só o que acontece com lei mal elaborada???

    ResponderExcluir
  6. Fazer oque ne!!!o funcionario e revistado obrigatoriamente para poder ir trabalhar na carceragem,e acho isso correto, é claro mas tbm deviam ser revistados oficiais de justiça advogados e membros da pastoral carceraria, e por que não!!!quem não deve não teme!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há um certo exagero nessa revista, mas é correto, se o funcionário quiser burlar a revista ele consegue e o preso entrega o mesmo ou vocês não viram esse filme antes?

      Excluir
  7. Parabéns para o corpo funcional que obteve sucesso na apreensão. Porém... Ridículo a secretária por não ser objetiva em padronizar as cadeias. Parlatorio onde advogados tem acesso físico com detentos? Já não basta os que se intitulan "religiosos". Aí não dá né SAP. Aí não dá!

    ResponderExcluir
  8. A pessoa estuda cinco anos, talvez mais alguma especialização, pra entregar drogas na cadeia, se rebaixou muito....

    ResponderExcluir
  9. Alguém já viu o documentário que diz que os extraterrestres querem reduzir a população da Terra em 2/3 até 2029 isso é gravíssimo vamos abrir os olhos gente.

    ResponderExcluir
  10. Advogado e bandido não tem diferença...99% é pilantra.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.