quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

É hora de nossas reivindicações ganharem força no mundo.

PEC 308/04, PEC 14/16, reajuste salarial, automatização de todos os presídios, Scanner Corporal, contratação de trabalhadores para sanar o déficit de funcionários no sistema prisional brasileiro, construção de presídios e tudo mais que vem a melhorar o sistema prisional, acredito que nossos representantes como sindicatos, federações de todos os estados estão empenhados nessa luta nesse momento, independente de qualquer coisa que possamos desacreditar dessas entidades, precisamos também entrar em contato com deputados e senadores que temos contato, eu mesmo já entrei, mas o que acho mesmo que vai resolver é o nosso trabalho de "formiguinha" nas redes sociais, emails...

Como a nossa classe é taxada de corrupta e torturadora pela imprensa, onde acaba convencendo os alienados desse país e agrada os desgovernos também que jogam a culpa do caos do sistema prisional falido e carcomido na nossa conta, e como uma imagem vale mais que mil palavras e os governantes desse país se preocupam mais com a imagem que se vê lá fora do que com a própria calamidade desse país, devemos repercutir as imagens da postagem abaixo nas redes sociais para que chegam ao mundo todo, essa postagem do link abaixo já foi vista 1.500 vezes só nos Estados Unidos e 3.000 vezes na Europa (no blog tem as estatísticas das quantidades de visualizações e dos países que foram visualizadas), portanto vamos continuar compartilhando, mesmo sendo imagens chocantes, mas retratam a realidade dos MONSTROS que trancamos no dia a dia.



Clique no link abaixo e compartilhe:




Nenhum comentário:

Postar um comentário



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.