sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Agente penitenciário reage a assalto e mata suspeito em Lins-SP

Fonte: G1

10/02/2017 07h42 - Atualizado em 10/02/2017 07h42
Agente penitenciário reage a assalto e mata suspeito em Lins
Outro criminoso levou um tiro na cabeça e está em estado grave.
Crime aconteceu quando pessoas jogavam baralho.
Do G1 Bauru e Marília

Um suspeito morreu e outro foi baleado com um tiro na cabeça em uma tentativa de assalto na noite de quinta-feira (10), no centro de Lins (SP).

De acordo com as informações da Polícia Militar, quatro homens armados entraram em um estabelecimento comercial na Floriano Peixoto, onde algumas pessoas jogavam baralho, e anunciaram o assalto. Eles pegaram dois celulares e dinheiro das vítimas.

Um agente penitenciário que estava no local reagiu e atirou contra os criminosos, acertando dois deles. Um deles morreu no local e o outro está internado em estado grave na Santa Casa da cidade.
No local, foram apreendidos uma garrucha e a réplica de uma pistola. Os outros dois suspeitos conseguiram fugir.

39 comentários:

  1. Parabéns ao agente, graças a Deus não houve nada com ele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já assistiram o filme Tombstone? É daquele jeito que se acaba com o crime organizado (a parte que começa a 1h16 de filme- o filme tem 1h46). Parabéns ao colega!

      Excluir
  2. Respostas
    1. Parabenizo o agente. Se todas as pessoas tivessem porte de arma eu queria ver vagabundo tentar a sorte!

      Excluir
  3. Regiu na hora certa, teve boa mira, porque não é qualquer um que acerta na cabeça, ai SAP, sem treinamento já faz um bom serviço a sociedade, porque não treina os asps investi em munições pra gente treinar, e passa pra polica penal logo é o que somos , preisamos de reconhecimento e aumento salarial...

    ResponderExcluir
  4. Nada contra ASP, mais o agente envolvido nesse caso foi um AEVP.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não faço distinção de asp ou aevp, ainda considero o treinamento da Sap, muito ruim.....

      Excluir
    2. Independente da nomenclatura que seja ASP AEVP,não somos polícia e nunca seremos. Somos todos Agentes Penitenciários e o que muda apenas são as atribuições de cada cargo!

      Excluir
    3. Quem quer ser policia? Só fiz a correção dizendo que foi um AEVP, eu sou AEVP e seu quisesse ser policia teria prestado outro concurso pra mim meu cargo está de boa, o mala apontou a arma pra ele e o msm reagiu legitima defesa ele não bancou o herói apenas defendeu a vida dele.

      Excluir
  5. Deu sorte...Vai responder grandão, tem um monte de delegados e promotores que adoram proteger bandido, vai perder a arma e porte... Ainda bem que está vivo...

    ResponderExcluir
  6. um vagabundo a menos.parabéns ao companheiro...

    ResponderExcluir
  7. O segundo meliante tb morreu, não resistiu. Então, parabéns de novo!!!

    ResponderExcluir
  8. Parabens Cachoeira vc é foda!!!!!

    ResponderExcluir
  9. Vai segurar um rojão daqueles, fala nada não.......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos que atiram respondem, isso é normal. Agora se você não sabe de fica calado que é melhor.

      Excluir
    2. Vai trouxa ele fez certo seu paga pau de vagabundo . Antes ele do que o vagabundo que você defende ! É de pessoas que nem você que o Brasil está cheio mané.

      Excluir
  10. PIMBA !!! Agente bravão...parabens!!! se fosse pm seria promovido por ato de bravura, mas na sap....vou nem falar

    ResponderExcluir
  11. o outro vagabundo morreu hoje... um lixo a menos

    ResponderExcluir
  12. Hacker preso por Alexandre de Moraes ameaçou jogar nome de TEMER "NA LAMA". Esse assunto envolve até reputação da Marcelinha.
    Ta explicado a ascensão rápida do advogado do PCC.Vejam
    www.brasil247.com.br ou procurem no google.

    ResponderExcluir
  13. Suspeito???? É ladrão, vagabundo, menos suspeito por favor!!!

    ResponderExcluir
  14. JENIS ... SEI QUE ESSE NÃO É O LOCAL APROPRIADO PRA SE FALAR SOBRE ISSO, MAS E ESSA "COMÉDIA" DO SIFUPESP EM DIZER QUE ROUBARAM A LISTA DE PRESENÇA? SÓ ESTAVAM OS INTERESSADOS E MEIA DUZIA DE "PUXA SACOS", OU SEJA, UM NUMERO INFIMO DE PESSOAS E PARA NÃO FICAR FEIO, FIZERAM BOLETIM DE FURTO DA TAL LISTA E LANÇARAM ESSA IDÉIA NA MIDIA. SERÁ QUE ELES ACHAM QUE AINDA EXISTE ALGUEM QUE ACREDITARIA NISSO, AINDA MAIS VINDO DE QUEM VEIO.

    ResponderExcluir
  15. Agora o ASP vai responder por homicício doloso!

    ResponderExcluir
  16. Enquanto achavam que era um ASP blz, só por que é um AEVP o agente vai responder...o mala apontou a arma pra ele e ele reagiu foi legitima defesa o caso vai ser apurado vão ouvir testemunhas e com certeza vai sair de boa, se não tivesse reagido estaria morto. Conheço ele e já trabalhamos em Sampa.
    Todos da SAP teveriam ter arma mais acima de tudo saber atirar e o treinamento pra reagir nesses casos e o saque rápido isso se treina em casa fica a dica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai responder, poderia ser até o, predidente se vai se ferrar é outra coisa...creio que não

      Excluir
  17. Desejo que o outro vá morar com o capeta também. Que se danem os direitos humanos.

    ResponderExcluir
  18. Esse agente teve sorte duas vezes, primeiro: no êxito da reação; segundo: por estar com seu porte e arma legalizados.

    Pois muitos agentes vem enfrentado dificuldades tanto para registro da arma e emissão do porte; pois tem que tirar dinheiro do próprio salário para registrar e renovar o registro junto a PF. O que não era para ser conforme entendimento a seguir.

    DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL
    PORTARIA Nº 315, DE 7 DE JULHO DE 2006

    Dispõe sobre o porte de arma de fogo para os integrantes do quadro efetivo de Agentes Penitenciários e Escolta de Presos, ainda que fora de serviço.

    O DIRETOR-GERAL DO DEPARTAMENTO DE POLICIA FEDERAL SUBSTITUTO, no uso das atribuições que lhe confere o art. 27, incisos V e XXX, do Regimento Interno do DPF, aprovado pela Portaria 1.300, de 04 de setembro de 2003, do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado da Justiça MJ, publicada na Seção 1 do DOU 172, de 05 de setembro de 2003; de acordo com o disposto no art. 36 do Decreto 5.123, de 1o. de julho de 2004; e em complemento à Portaria nº 613, de 22 de dezembro de 2005, e
    CONSIDERANDO que o porte de arma de fogo poderá ser deferido aos integrantes do quadro efetivo de Agentes Penitenciários e Escolta de Presos, com base no art. 6º, inciso VII da Lei 10.826/03, desde que atendidos os requisitos a que se refere o art. 36 do Decreto 5.123, de 1o. de julho de 2004 e a Portaria nº 613, de 22 de dezembro de 2005-DG/DPF, resolve:
    Art. 1º. A concessão deferida aos integrantes do quadro efetivo de Agentes Penitenciários e Escolta de Presos autorizará o porte de arma de fogo, no âmbito estadual, ainda que fora de serviço, devendo sempre a arma ser conduzida com o respectivo Certificado de Registro de Arma de Fogo e com a Carteira de Identidade Funcional.
    § 1º O porte de arma de que trata esta Portaria constará da própria Carteira de Identidade Funcional dos servidores das categorias mencionadas, a ser confeccionada pela própria instituição estadual competente.
    § 2o Os integrantes do quadro efetivo de Agentes Penitenciários e Escolta de Presos ao portarem arma de fogo, em locais públicos ou onde haja aglomeração de pessoas, deverão fazê-lo de forma discreta, visando evitar constrangimento a terceiros.
    Art. 2o. Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

    A Portaria 315 da Polícia Federal diz que será deferido o porte ao Agentes Penitenciários desde que preenchidos os requisitos do art. 36 do Decreto 5.123, de 1o. de julho de 2004 e a Portaria nº 613, de 22 de dezembro de 2005-DG/DPF

    Pois bem, o que diz o artigo 36 do Decreto 5.123.

    Art. 36. A capacidade técnica e a aptidão psicológica para o manuseio de armas de fogo, para os integrantes das instituições descritas nos incisos III, IV, V, VI, VII e X do caput do art. 6º da Lei nº 10.826, de 2003, serão atestadas pela própria instituição, depois de cumpridos os requisitos técnicos e psicológicos estabelecidos pela Polícia Federal.

    Já a Portaria nº 613, de 22 de dezembro de 2005-DG/DPF estabelece como deve ser a formação dos agentes.

    Além disso, também há o memorando circular 02/2016 da DPF que vem regulamentar estes dispositivos mencionados.

    Indo na contra-mão do que diz a legislação que versa sobre o assunto, a SAP vem atuando de forma arbitrária quando exige que os ASP e AEVP, por ocasião da compra e renovação do registro apresentem ao Diretor Geral da Unidade os testes realizados por profissionais particulares, para que este ateste a capacitação técnica e psicológica, quando na verdade, é a própria SAP que deve realizar tais testes. Conforme exposto.

    Sem mencionar a demora na emissão dos portes de armas sem apresentar justificativas plausíveis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E este porte de arma ESTADUAL? Não deveríamos lutar pra ser nacional?

      Excluir
  19. Isso que eu acho HORRÍVEL na SAP....ASP E AEVP......todos são agentes penitenciários,e um quer ser melhor que o outro...Classe desunida,enquanto o Partido é bem unido,vamos se ligar...

    ResponderExcluir
  20. Mais informações em: http://jornaldebate.com.br/
    Graças a DEUS, nosso colega de trabalho (seja ele ASP ou AEVP) está bem!!! Mas, fica o alerta: bar NÃO é lugar de GUARDA e quem nos garante que os ladrões já não foram lá justamente por causa do AGENTE?! Graças a DEUS, como bem observado por vários colegas, nosso colega teve êxito na reação. Com relação à arma, ela é um mal necessário, mas temo que "o feitiço se vire contra o feiticeiro", o melhor mesmo é não precisar dela. Não apenas como ASP, mas também como conterrâneo, solidarizo-me junto ao colega que foi surpreendido pelos meliantes!!! Pessoal total QAP! Bar só dá zica, melhor evitar (até por questão de saúde)! Fica a dica!!! O agente tava no lugar errado na hora errada, ainda bem que ele estava preparado e deu certo!

    ResponderExcluir
  21. Eu peço a DEUS que dê vitória a ele, na justiça e que recupere logo o seu porte, que parece ser um prêmio, porque independente de qualquer processo ou inquérito você continua sendo agente, o ladrão não vai deixar de te matar porque está desarmado...

    ResponderExcluir
  22. Mais informações: http://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/noticia/2017/02/jovem-baleado-por-agente-penitenciario-durante-assalto-morre.html
    Deus me perdoe, mas 02 a menos para a contagem!

    ResponderExcluir
  23. 10/02/2017 20h53 - Atualizado em 10/02/2017 20h53
    Jovem baleado por agente penitenciário durante assalto morre
    Suspeito de assalto estava internado na Santa Casa de Lins (SP).
    Adolescente que também participou da ação morreu no local.
    Do G1 Bauru e Marília
    FACEBOOK
    Corpo de Bombeiro e Polícia Militar estiveram no local para atender as vítimas (Foto: Reprodução/Tv Tem)
    Corpo de Bombeiros e Polícia Militar estiveram no local para atender as vítimas (Foto: Reprodução/TV TEM)
    O jovem de 18 anos que estava internado em estado grave na Santa Casa de Assis (SP) após ser baleado na cabeça por um agente penitenciário durante uma tentativa de assalto morreu na tarde desta sexta-feira (10), segundo a polícia. Ele é um dos suspeitos do crime. Um adolescente de 16 anos que também participava da ação, segundo a polícia, morreu no local.
    saiba mais
    Agente penitenciário reage a assalto e mata suspeito em Lins
    Dupla de moto assalta caminhão de refrigerantes em Jaú
    De acordo com as informações da Polícia Militar, quatro homens armados entraram em um estabelecimento comercial na Floriano Peixoto onde algumas pessoas jogavam baralho e anunciaram o assalto. Eles pegaram dois celulares e dinheiro das vítimas.
    Um agente penitenciário que estava no local reagiu e atirou contra os criminosos, acertando dois deles. Os outros dois suspeitos conseguiram fugir. No local, foram apreendidos uma garrucha e a réplica de uma pistola.

    ResponderExcluir
  24. Realmente o segundo foi para vala o Capeta agradeçe pelos bons serviços prestados !!!!

    ResponderExcluir
  25. alguem sabe o nome do parceiro que foi o heói da situação qual penita trabalha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos expor o cara
      Publicar no jornal
      Matéria na TV

      O crime não vinga nada

      Excluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.