terça-feira, 9 de maio de 2017

Comissão da reforma da previdência trata agentes penitenciários como moleques novamente.

Em vez de incluir o destaque sobre a Previdência dos agentes penitenciários. Carlos Marun (presidente da comissão da reforma da previdência) diz que se empenhará pessoalmente para que seja votado pelos deputados no plenário, ou seja, como que dissesse se ficarem bonzinhos farei campanha no plenário.
Convenhamos que é bem mais difícil no plenário do que já concluir a PEC constando os Agentes Penitenciários.


Fonte: 
http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2017-05/apos-bate-boca-deputados-aprovam-primeiro-destaque-reforma-da-previdencia
Veja matéria do Estadão:



Destaque para agentes penitenciários será apresentado no plenário
Carlos Marun afirmou que se empenhará 'pessoalmente' para que o destaque que concede regras mais brandas de aposentadoria para os agentes seja aprovado
porEstadão Conteúdo Publicada em 09/05/2017 13:18:35

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil




Ele ponderou, contudo, que a apresentação não garante a aprovação
O presidente da comissão especial da reforma da Previdência, deputado Carlos Marun (PMDB-MS), ratificou nesta terça-feira, 9, acordo com a oposição para que o governo apresente, durante a votação da proposta plenário da Câmara, destaque que inclui agentes penitenciários no rol de categorias com aposentadoria especial. Ele ponderou, contudo, que a apresentação não garante a aprovação.

O peemedebista afirmou que se empenhará "pessoalmente" para que o destaque que concede regras mais brandas de aposentadoria para os agentes seja aprovado.
"Mas não posso responder por 308 deputados (número de votos mínimos para que a reforma da previdência e destaques sejam aprovados no plenário da Câmara)", ponderou.

Ele previu, porém, que "essa tese tem tudo para ser vencedora no plenário".

O acordo tinha sido firmado entre o governo e o deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) na semana passada. Pelo acordado, o parlamentar paulista retirou destaque que incluía agentes penitenciários no rol de aposentadorias especiais, em troca do apoio do governo a seu destaque que permite a Justiça Estadual julgar ações que envolvem benefícios concedidos por acidente de trabalho.

No acordo, o governo se comprometeu com o parlamentar do PTB a apresentar o destaque dos agentes penitenciários durante a votação da reforma da Previdência no plenário da Câmara, ainda sem data marcada.
O acordo culminou com a invasão dos agentes penitenciários ao plenário onde a sessão do colegiado estava sendo realizado, o que levou a suspensão dos trabalhos da comissão.

A conclusão da votação dos destaques deve acontecer nesta terça-feira.

A votação de fato ainda não começou, no entanto, porque a oposição pede que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), libere o acesso da Câmara aos manifestantes. O deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), afirmou que a Casa está "sitiada".

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.