quarta-feira, 19 de julho de 2017

Folha de SP noticia morte de ex diretor da Casa de Detenção de SP.


Meus pêsames aos amigos e familiares.



WALTER ERWIN HOFFGEN (1944-2017)
Mortes: Foi diretor do maior presídio da América Latina
Arquivo Pessoal


Walter Erwin Hoffgen (1944-2017)




FERNANDA PEREIRA NEVES
DE SÃO PAULO

19/07/2017 00h00
Compartilhar184
Mais opções

Fechada desde 2002, a Casa de Detenção de São Paulo tem uma história nada glamorosa. Com o título de maior presídio da América Latina, o local registrou o massacre de 111 presos em 1992 e chegou a uma taxa de homicídio maior que a da Colômbia em 2000, ano em que o país vizinho passava por conflitos armados.

Walter Erwin Hoffgen começou sua carreira nesse palco. De temperamento calmo e avesso a reclamações, entrou pela primeira vez no famoso Complexo do Carandiru nos anos 1970 fazendo guarda no terceiro andar do pavilhão 8.

Concluiu o curso de direito alguns anos depois, sendo então designado diretor de segurança e disciplina em 1978 –no mesmo ano, casou-se com a namorada, Clarice.

Saiu da Casa de Detenção em 1988, quando assumiu a Penitenciária do Estado, mas voltou, em 1996, como diretor geral –ficou mais três anos.

Walter gostava do que fazia. Não se intimidava pelo ambiente nem temia os detentos.

Na penitenciária de Iperó (SP) ficou pouco tempo, mas o suficiente para se apaixonar pela cidade. Depois disso, atuou no Amazonas e no Ceará, além de ser nomeado secretário-adjunto do governo paulista, mas manteve sua casa e nunca mais deixou o interior.

Aposentou-se em 2013, ficando ainda mais caseiro. Os encontros com os amigos, no entanto, eram quase uma religião, de manhã e à tarde.

No final, dedicou suas energias à luta contra um câncer no pulmão, se esforçando para não demonstrar a dor à família. Morreu devido à doença, no dia 15, três dias antes de completar 73 anos. Deixa a mulher, duas filhas, dois netos, irmãos e sobrinhos.

7 comentários:

  1. SENTIMENTOS AOS FAMILIARES E GRATIDAO FOI UM GRANDE MESTRE QUE NAO SE ENCONTRA MAIS NAS PENITENCIARIAS PAULISTA .....

    ResponderExcluir
  2. excelente diretor ñ se pode comparar cm os diretores atuais q só pensam no prolabore

    ResponderExcluir
  3. Um dos melhores diretores com quem já trabalhei no sistema! A porta de sua sala estava sempre aberta aos funcionários no sentido de ajuda-los e respalda-los! Descanse em paz, doutor Walter.

    ResponderExcluir
  4. Grande perca, o sistema prisional está em luto. Dr. Valter foi um grande nome.

    ResponderExcluir
  5. Era uma ótima pessoa, mas sofreu demais com o seu filho que tambem é ASP ou era, não sei se foi exonerado.

    ResponderExcluir
  6. Tive o prazer de trabalhar com ele por dois anos na Penitenciária do Estado,excelente diretor,o melhor que eu trabalhei no sistema.

    ResponderExcluir
  7. Diretor "das antigas", vai deixar saudades.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.