segunda-feira, 31 de julho de 2017

Preso com fuzil 556 é liberado em audiência de custódia


Fonte: O Povo.

Preso com fuzil 556 é liberado em audiência de custódia
Com antecedentes por tráfico e homicídio, preso com seis armas após troca de tiros com a polícia, Abimael Mendes de Sousa foi liberado. Juiz diz na decisão que é "tentativa de trazer os indiciados para o convívio social"

01:30 | 29/07/201727168FacebookTwitterGoogle+
Quatro dias após ter sido preso com seis armas — incluindo um fuzil 556 — Abimael Mendes de Sousa, 21, conhecido como Abimael do Gueto, foi liberado em audiência de custódia. O suspeito também é apontado como o alvo de um ataque ao 10º Distrito Policial (DP), no bairro Antônio Bezerra, onde estava preso. A decisão da audiência é da última quinta-feira, 27.




Abimael foi preso em flagrante no último dia 23, na avenida Mister Hull. Ele estava com Diogo da Silva Santos em um veículo. Os dois foram perseguidos após policiais identificarem atitude suspeita — conforme divulgado na ocasião.

Na fuga, houve troca de tiros e a dupla deixou cair em via pública o fuzil e uma pistola 9 milímetros. As demais armas foram localizadas no veículo, abandonado em uma rua no Antônio Bezerra. Os dois foram presos em seguida. Abimael responde na Justiça por tráfico de drogas, homicídio e crime contra o patrimônio, conforme documento obtido pelo O POVO.

No dia da prisão, ele foi levado à delegacia e autuado por porte de arma de fogo e porte de arma de fogo de uso restrito. Na perseguição, Diogo foi baleado e preso. Ele foi encaminhado ao Instituto Doutor José Frota (IJF) e liberado na mesma audiência de custódia.

No ataque ao 10º DP, que aconteceu no mesmo dia da prisão, a entrada da delegacia foi destruída. Pessoas que estavam no lugar para registrar boletim de ocorrência foram surpreendidas com o tiroteio. Segundo uma fonte ligada à Polícia Civil, Abimael é envolvido com a facção Comando Vermelho (CV). Já o grupo suspeito do ataque à delegacia seria formado por rivais, da Guardiões do Estado (GDE). A ação contra o preso não se concretizou.

Liberdade

O POVO teve acesso à decisão do juiz da 17ª Vara Criminal, a Vara de Audiências de Custódia, José Ronald Cavalcante Soares Júnior. Ele afirma que, “como forma de evitar encarceramento prévio e na tentativa de trazer os indiciados para o convívio social salutar” substitui “a prisão preventiva para garantia da ordem pública por medidas cautelares diversas”. Assim, determinou a soltura de Abimael e Diogo.

Abimael deve comparecer, no período de cinco meses, à sede da Central de Alternativas Penais e comunicar qualquer mudança de endereço. Ele deve permanecer em casa entre 21 e 6 horas.

Por meio de nota, o Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE) informou que, na audiência de custódia, foram levados em consideração o fato de os indiciados, segundo certidões fornecidas, serem tecnicamente primários (sem condenação transitada em julgado) e um parecer favorável do Ministério Público do Estado (MPCE).

O processo será distribuído e, após a conclusão do inquérito, terá início a instrução penal, podendo a decisão ser reanalisada pelo juiz natural do caso.



Para entender

Dia 23 de julho.

Abimael é preso em flagrante durante perseguição policial, na avenida Mister Hull. No mesmo dia, a delegacia em que ele estava sofre ataque. Grupo pretendia matar o preso.

Dia 27 de julho.

Em audiência de custódia, preso é liberado. Decide-se que ele cumpra medidas cautelares. Diogo, também preso na ação, é liberado.

JÉSSIKA SISNANDO

11 comentários:

  1. Onde vamos parar com esse judiciário que pisa nas leis...

    ResponderExcluir
  2. Brasil terra sem lei ,um ladrão não prende outro ladrão,é o codigo de honra deles,no caso do BRASIL é uma quadrilha gigante q abrange todas as esferas,municipal,estadual e federal,OU SEJA SE PRENDER TODOS Q SÃO LADRÕES O PAÍS FICARA SEM "DESGOVERNO" e o BRASIL SERA UMA PENITENCIARIA GIGANTE.

    ResponderExcluir
  3. MAIS um da magistratura que correu junto com os marginais. QTO SERÁ QUE RECEBEU EM DIM DIM ??? a cobra vai fumar LOGO LOGO pra esse juízinho defensor de LADRÕES. Aguardem.

    ResponderExcluir
  4. boa tarde depois vou comer um hot dog do marquinho o melhor de taubate sp.

    ResponderExcluir
  5. Kkkkkkk Brasil, um país de todos, todos trouxas!!!!! Um país que fabrica criminosos e os mantém na ativa!!! Uhuuuu por isso é bom quando a rota "resolve" a situação destes...

    ResponderExcluir
  6. JUizeco sem futuro. Quer que ele se ressocialize? Leva pra sua casa com sua mulher e seus filhos.

    ResponderExcluir
  7. Isso mostra o quanto o filme "tropa de elite II" tinha razão. Que venha o da "lava jato I,II e etc". Brasil passado a limpo, favorece quem tem cerebro, mas aos que não tem, permaneçam acreditando em bandidos, principalmente os politicos, alguns até condenados e ainda aparece como um Deus para algumas pessoas.

    ResponderExcluir
  8. Por que o salário do juiz tem que ser de 30.000 reais. Acho pela quantidade de cagadas que eles fazem deveria ser no máximo uns 3.000. Acho que exagerei, 2.000 tá de bom tamanho!!!

    ResponderExcluir
  9. BRASIL... na propia policia federal um criminoso com tornozeleira "japones", escoltando outro criminoso "os poLíticos"...piada só nesse país acontece um "ABSURDO" desses E O JAPONES ESCOLTA É CONTRABANDISTA KKKKK

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.