quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Deputado aciona MPSP contra interferências em perícias médicas de servidores públicos paulistas.


A ação foi a pedido dos professores, mas o deputado me informou que engloba todos servidores públicos do estado de São Paulo.
É preciso apurar sim, pois o DPME não deveria ser subordinado a Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão, nessa secretaria só se pensa em administração do dinheiro público, o DPME deveria ser subordinado a Secretaria de Saúde.





Fonte: Centro do Professorado Paulista CPP.

Deputado aciona MPSP contra interferências em perícias médicas

Ação foi realizada em defesa de professores readaptados; Cremesp também foi procurado

O deputado estadual Carlos Giannazi (PSOL) acionou, em 18 e 22 de janeiro, o Ministério Público de São Paulo (MPSP) e o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) contra interferências administrativas da Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão nas decisões de médicos peritos do Departamento de Perícias Médicas do Estado (DPME).



De acordo com a assessoria do parlamentar, denúncias foram registradas nos últimos meses por servidores, especialmente da Educação, relatando flagrante de interferências da Pasta no resultado das perícias para constranger os servidores a retomar, mesmo doentes, a atividade originária. Parte das denúncias foram registradas pela Associação dos Professores Readaptados do Estado de São Paulo (ASPRESP).



“Relatam-nos situações de desrespeito, um calvário e uma angústia sem fim, em um procedimento que deveria ser tão só a conclusão de um direito”, diz o deputado, sugerindo que o DPME tem ignorado laudos apresentados pelos servidores do magistério, negando ou cessando de modo arbitrário e antiético a readaptação a profissionais comprovadamente enfermos.



Procurada, a Secretaria de Planejamento e Gestão negou as acusações, das quais ainda não foi notificada. "Não há nenhuma orientação administrativa no sentido de que as manutenções de readaptação sejam negadas. No caso de servidor com incapacidade parcial e temporária, concede-se readaptação por dois anos, para tratamento, a fim de que haja retorno às atividades do cargo de ingresso quando da melhora das condições de saúde", informa a nota enviada pela assessoria de imprensa ao Portal CPP (veja o texto completo aqui).

Sobre retorno de profissionais doentes ao trabalho, a Pasta alegou que perícias médicas para fins de readaptação funcional não ignoram a patologia do servidor, e sim busca avaliar as condições de saúde que limitam o desempenho das atribuições referentes ao cargo em questão.



O MPSP protocolou o pedido de Giannazi como representação na Promotoria do Patrimônio Público. O caso está em análise para possível instauração.



O CREMESP afirmou que mais dados foram solicitados ao deputado para que seja avaliada abertura de sindicância.


Para ver os DOCUMENTOS NA ÍNTEGRA, clique nos links abaixo:


41 comentários:

  1. Bom dia, só pra deixar claro tamanha arbitrariedade por parte do dpme, eu sofri esse abuso deles também, há 11 meses afastado e com quadro clínico ainda sem sinais de melhora, tive de retornar ao trabalho pois me foi negada uma perícia no qual meu médico havia concedido 60 dias, simplesmente negou, entrei com reconsideração, fazem 35 dias que receberam o documento e não deram resposta até sábado(último dia que publicou D.O.);ou seja, é pra ferrar com a vida do guarda mesmo.
    Já me descontaram metade do mês no último holerite e ainda fica as injustificadas pra resolver judicialmente. Lamentável senhores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. as vzs vc é daqueles que pega licença pra fazer bico e diz que está ruim

      Excluir
  2. Demorou pra alguém tomar uma atitude, é escancarada a interferência do dpme.

    ResponderExcluir
  3. E cuidado, pois os proximos passos ter nome inscrito no cadin, abertura de pad por abandono de cargo(o atestado de seu médico nao tem valor) na visao do membros do dpme, somente "eles/elas" estao corretos sem contar com a educacao digna de HARVARD!
    Boa sorte prezado.

    ResponderExcluir
  4. Dpme e companhia... Querem que todos funcionarios em (LS) se explodam...explodan...tanto faz vomo tanto fez!

    ResponderExcluir
  5. Tem que interferir mesmo, e ver quem esta realmente doente , mais da metade destas licenças são fajutas , atestados comprados etc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também concordo....Muitos metem o loco com atestado medico e nao teem nada de problemas...prejudicando nós que temos que fazer o trabalho destes vagabundos...Tem que apurar mesmo e se nao tiver nada exonerar...agora sabemos que muitos sofrem algum mal ou enfermidade impossibilitando o trabalho...Eu mesmo fui agredido por um detento num Pavilhao e estou trabalhando...so vou parar se realmente estiver um problema de saude ou quando me aposentar.

      Excluir
    2. Parabens colega por sua colocação, enquanto isso nós trabalhando por eles o dobro que deveríamos e os doentoes fazendo bico na rua.

      Excluir
  6. Oque tb ocorre co. Muita frequencia e que o medico do funcionario da por exemplo 90 dias de afastamento mais os peritos tem um programa nos seus computadores que dependendo do cid do paciente passalimita os dias para no maximo 45 dias e quando publicao o funcionario perde mais 15 dias pois publica so 30 dias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Programa de computador? Menos GP, é uma mera tabela...

      Existe algo chamado TEMPO ESTIMADO PARA RECUPERAÇÃO DA CAPACIDADE FUNCIONAL BASEADO EM
      EVIDÊNCIAS, documento de quase 500 páginas, onde tem TODOS os CIDs e o tempo MÁXIMO proposto para cada enfermidade. Eles apenas seguem a TABELA fornecida pelo governo federal! Quer nunca ter uma licença negada? Pegue atestado DENTRO do prazo estipulado pela tabela e com exames que confirmem a enfermidade! Estando correto e dentro da lei, NINGUÉM vai poder fazer ABSOLUTAMENTE NADA contra vc! E se algum lunático do DPME quiser brincar de Deus vc ainda tem a faca e o queijo na mão!

      Segue o link para divulgação:
      http://previdencia.gov.br/arquivos/office/4_120404-104514-005.pdf

      Jenis, faça o favor de fixar isso na barra lateral do blog, esse documento é de suma importância!

      Excluir
    2. colega neste seu comentario não está tão correto pois fiz uma cirurgia de todos os ligamentos do joelho( menisco,ligamentos posteiror, anterior e tendão) de 90 dias que o medico solicitou o DPME só autorizou 30 dias (será que este é o tempo que vc diz) ajuda ae

      Excluir
  7. Estão certinhos, tem que acabar com essa mamata de funcionários que 'metem loko'e ficam ganhando sem fazer nada, as cadeias estão mamão pra trabalhar e os guardas só reclamam. Deveriam exonerar esses guardas que estão afastados por não terem absolutamente nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quem mete o louco é o MÉDICO que concede afastamento para quem não precisa, o guarda pilantra só pede algo errado e o responsável é o MÉDICO! Igual ladrão pedir ilícito, vc tem o dever de dizer não e mandar ele pro pote, é sua responsabilidade! Mas se vc quiser fazer correria é a sua cara e vc é responsável pelo crime cometido!!! Pq tá fácil assim, botam no cú do guarda, do professor, do policial mas o médico que está GANHANDO UMA PEQUENA FORTUNA por consulta faz oq quer e ainda sai de bonito na foto?????

      Excluir
  8. que droga não temos o maldito direito de adoecer nesta ditadura do tucanistão.

    ResponderExcluir
  9. SINDCOP ARARAQUARA ARRASTÃO ACIONADO

    ResponderExcluir
  10. bom dia isso acontece por causa das licenças mete o loco os asps querem levar vantagem deixando o colega sozinho no serviço.eles estao de olho.

    ResponderExcluir
  11. Na boa? Isso não dá em nada!
    Vcs tem noção de o quanto o Geraldo manda no MP e a influência que ele tem no Judiciário?
    Estão de brincadeira kkkkkkk, essa falácia é só para esse deputado aparecer. Gente estamos em ano de eleição.

    ResponderExcluir
  12. Boa tarde jenis,

    Referente insalubridade 2018 o IPC foi de 2,95% ou seja, o reajuste será de R $ 19,95 ficando R $ 996,24. GERALDINHO2018!!!!

    ResponderExcluir
  13. Só defendo uma melhor fiscalização nessas licenças, Mtos realmente precisam, agora conheço alguns que se afastam e estão trabalhando por fora....miguelagem total.

    ResponderExcluir
  14. Isso foi ordem do Geraldo, onde qualquer licença médica deveria ser totalmente ou em parte negada.Ficou então generalizado que as licenças seriam um golpe para ganhar sem trabalhar... Mas a perícia é feita para comprovar a doença e a necessidade, só que o paciente não é examinado e sua licença negada mesmo sendo verídica e até grave.

    ResponderExcluir
  15. No meu caso o perito deu 60 dias de licença e o DPME só concedeu 35, sem ao menos me consultar ou me chamar, até agora não sei os criterios que usou, um absurdo, pode ter certeza que tem o dedinho do chuchu

    ResponderExcluir
  16. Aonde podemos reclamar, qual o contato do deputado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://www.al.sp.gov.br/alesp/deputado/?matricula=300485

      pt-br.facebook.com/carlosgiannazioficial

      Excluir
  17. Na minha unidade seu eu ficar sabendo que o guarda ta metendo o louco e deixando os irmaozinho na mao eu cagueto direto no ministerio publico e ligo na residencia do catirse e do lorival e assino em baixo.mineiro do cr mogi mirim.

    ResponderExcluir
  18. Tem mais uma. guarda tiver metendo o louco na minha unidade e o diretor nao tomar providencia eu fodo diretor tambem.aqui tem saco roxo licenca e cuidar da saude nao gozar no sistema manda estes caras meter o louco aqui na minha unidade aqui tem DG do saco roxo.

    ResponderExcluir
  19. Olha ... Onde trabalho tem vários GPS de licença Loko.... Tudo safado.... Estão fazendo eu e outros guerreiros trabalhar dobrado..... Dpme colabora ae.... Acaba com essa safadeza...... Tenho consciência que alguns estão realmente doentes..... Mas a grande maioria tudo pilantras

    ResponderExcluir
  20. É triste, é lamentável, chega a ser constrangedor ver colegas defendendo este tipo de conduta por parte do Estado. Conhece alguém que tá "metendo o loco"? Denuncia. Agora, achar que tá certo humilharem o colega que tá com problema,
    agindo de modo arbitrário e antiético como disse o deputado, é absurdo. Como se já não bastasse tudo o que o servidor sofre em sua lida diária? Tenha dó, puxa-saco é o pior tipo de gente! É por isso que estamos ferrados, e assim continuaremos enquanto houver gente imbecil como essa mentalidade tosca! Parabéns pro nobre deputado, que, ao contrário do que disseram anteriormente, tem sim, feito um excelente trabalho em favor do servidor ao longo de todos seus mandatos, diferente de um ser aí que é candidato a presidente mas nunca fez nada por nós (nem por ninguém).

    ResponderExcluir
  21. esses asps bunda mole, caguetas parem de falar que são guardas que vcs me dão nojo, na época que tinha guardas, eramos unidos não tinha essa patifaria de caguetar companheiros e diretorzinho saco roxo, não sei se diretor de gabinete e de saco roxo, diretor eram os da antiga que pagavam pra ver e não ficavam só estudando direito pra ver papelada de vagabundo, se for pra falar merda molecada, fica quieto, agora vem um monte de pivetinho dançarino de musica da anita achar ruim.......

    ResponderExcluir
  22. A culpa é da SAP!

    Tô quase se matando!

    Kkkkkkkkkk
    Kkkkkkkkk
    Kkkkkkkk
    Kkkkkkk
    Kkkkkk
    Kkkkk
    Kkkk
    Kkk
    Kk
    K

    ResponderExcluir
  23. A SAP NÃO TEM CULPA DE NADA,CULPADOS SÃO AQUELES "INDICADOS " QUE CONTROLAM ESTA MERDA(SAP)....SÃO CRIATURAS DESPROVIDAS DE CAPACIDADE FUNCIONAL QUE SE AGARRAM,ONDE FORAM COLOCADAS ,POIS SE SAIREM VÃO PERECER ATÉ A MORTE,CRIATURAS ESTAS QUE DEPENDEM DO CRIADOR(FILHOTE DE SATANÁS)NÃO TEM CAPACIDADE DE VIVEREM POR SI MESMO,PRECISAM DE ALGO PARA SE FIXAREM,COMO OS"PARASITAS"....

    ResponderExcluir
  24. Bons tempos da "divineia"... Tempos dos verdadeiros "GPS"

    ResponderExcluir
  25. 99% são safados que metem atestado de psicoloco! serão cobrados ainda em vida, nada passa impune...

    ResponderExcluir
  26. Anônimo disse...
    Cqvidass da região Oeste é um verdadeiro estimulante ao suicídio. Falaram que ia visitar minha unidade prisional e conversar com todos agentes. Vieram e só conversaram com o Dg. Aí vc quer que o Dg confesse suas falcatruas?

    ResponderExcluir
  27. Jenis aproveitando o gancho referente a saúde na penitenciária de Piracicaba estao forçando nos ASP e os colegas AEVP a passarem a mais de uma semana no escaner assim comprometendo a nossa saude e caso algum guarda questione o tal procedimento somos ameacados por diretores que alegam que é determinação do senhor diretor de diciplina a tem mais fomos proibidos de entrar de relógio na cadeia qualquer tipo de relogio sendo ele digital ou analogico ou similares e detalahe cortou o mesmo e nao tem relogio na carceragem a na viuva pro ladrao tem.

    ResponderExcluir
  28. TRABALHAMOS EM LOCAL MUITO ESTRESSANTE, COM MUITOS DEVERES QUE NTEM QUE SER CUMPRIDO, E SE OCORRE UMA FALHA, VEM UM MONTE DE FALATÓRIOS E PAPAEIS PARA CUMPAR O POBRE ASP, SÁLARIO JA FOI BOM E LICENÇA QUANTAS NEGADAS E MESMO QUANDO DESCONTAVA METADE DO SALARIO, NAO SOU DOUTOR NEM ADEVOGADO, MAS NINGUEN ESTA LIVRE DE FICAR DOENTE E NENHUM ASP PODE JULGAR O OUTRO SE O OUTRO TA DE ENGANAÇAO, PACIENCIA O QUE NÃO PODE É QUEM PRECISA FICAR SEM SEU SALARIO EM UM MOMENTO DIFICIL DE DOENÇA.O ESTADO QUE SE PLANEJE DE FORMA CORRETA E HONRADA, E HONESTA POIS COM DOENÇA NAO SE BRINCA.......

    ResponderExcluir
  29. Boa noite, sem falar no funcionario readaptado, pois perde a insalubridade máxima.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.